domingo, 27 de julho de 2014

Estado Laico?

Hoje muito se defende o Estado Laico. Está na moda. Universitários, pseudo-pensadores, ateus, minorias, enfim, muita gente defende. Mas muitos nem sabem o que é ou deveria ser. Bom, vamos pra boa Wikipedia:
Um Estado secular ou estado laico é um conceito do secularismo onde o poder do Estado é oficialmente neutro em relação às questões religiosas, não apoiando nem se opondo a nenhuma religião.
Bom, então parece ser algo bom, não? Ele em tese não favoreceria nenhuma religião, mas também não se oporia a elas. Mas será mesmo que funciona assim, ou ainda, muitos que o defendem querem que funcione assim? Normalmente não. Eles querem um Estado onde qualquer forma de religião não dite as regras sob as quais eles querem viver, e mais ainda, querem que qualquer religião seja abominada, extinguida, ou que pelo menos fique restrita dentro de um templo religioso.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Expulsão de Demônios

Este estudo não é meu. Aqui está a fonte.

1. CUIDADO COM OS EXAGEROS!
Tempos atrás, tínhamos dificuldade em encontrar pessoas com alguma experiência, no trato com endemoninhados. Hoje em dia, existem livros inteiros à respeito do assunto, bem como igrejas locais com pessoas selecionadas e treinadas para o exorcismo. Não bastasse isso, programas evangélicos de Rádio e TV, têm mostrado até mesmo "ao vivo" expulsões de demônios.
Causa-nos preocupação, entretanto, a maneira como muitos pastores e irmãos têm agido nessas reuniões de exorcismo. Alguns desses irmãos, sob o pretexto de darem uma demonstração do poder de Deus, fazem do endemoninhado um "animalzinho de estimação", ordenando que ele bata palmas para Jesus, que se ajoelhe, que role no chão, etc. para um verdadeiro "delírio" da platéia da igreja.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Olhos Voltados para a Aurora

Segue um bonito texto de autoria de meu amigo Matheus Favaro.

Noite, porque insiste em impor sobre mim os teus planos?
Vive dizendo que estou perdendo tempo. Eu sei que o tempo passa rápido, mas o que seria perda de tempo?
O sistema me impôs algo difícil de engolir, terei de ter uma casa com cerquinha e carro do ano para poder sorrir.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Crescendo

Quando eu era pequeno, as coisas eram tão fáceis. Parecia que qualquer coisa me alegrava. O que me chateava, eu esquecia em alguns minutos. Eu achava que tudo era possível, que tudo iria dar certo e que eu podia ser o que eu quisesse. Eu só enxergava a parte boa da vida, e era tão inocente...